quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Liber Imago...entrevista.

Estou ficando famoso!! hehehe!! ....segue link para uma entrevista para o blog do Leonardo, chamado Liber Imago.
O Leonardo aborda no seu blog assuntos  relacionados com filosofia, literatura, música, jogos, RPG entre outros, .
Também a exemplo do Jefferson do Adoradores de Catan, vem entrevistando pessoas que de alguma forma estão contribuindo com o cenário lúdico nacional. Então fui convidado pelo Leonardo e pude falar algo para os seus leitores, espero que gostem.
Agradeço a oportunidade dada e espero que de alguma forma contribua com os seus leitores.

Liber Imago



Abraço!

domingo, 26 de agosto de 2012

Dia do Soldado + Jogos de Guerra

Ontem foi o Dia do Soldado, data na qual os recrutas são formados e a partir de então são considerados soldados. Tropa formada no pátio, banda militar, palavras de ordem, discursos, amigos e parentes todos presentes. Toda  pompa da cerimonia militar, ...de norte a sul do Brasil os eventos devem de alguma forma ser parecidas.
Mas o espaço aberto pelo exército brasileiro, permitiu  que um evento um tanto quanto diferente e festivo, fosse realizado  no quartel do 62/BI ( Batalhão de infantaria) de Joinville.


A presença de um grupo de entusiasta da 2ºGuerra Mundial, trouxe para dentro do quartel uma feira de artigos militares, desde artefatos muito antigos, consumido por ávidos colecionadores, fardas militares, réplicas históricas de armas, facas, baionetas, diferentes artefatos e objetos de uso militar e um grande grupo de viaturas militares, algumas das quais contenporâneas da 2°GM.

Não contei quantas viaturas eram, mas pude perceber que estavam conservadas e em perfeitas condiçoes, perfazendo um quadro realmente interessante de ser observado e fotografado. Fazem parte da Brigada Paranaense de Viaturas Militares Antigas, Dentre as viaturas que mais me chamaram atenção, estava um veiculo blindado americano muito usado como auto metralhadora, modelo M2, porém a versão com rodas. Um caminhão GMC tipo de 1942 , que foi amplamente usado pelas forças americanas e russas durante a guerra. Uma ambulância modelo, um caminhão oficina, com uma serie de ferramentas e máquinas montadas em um contêiner de aberturas laterais, jipes e toda tripulação perfazia uma soldadesca perfeitamente uniformizada e  caraterizada.


M2 com pneus.

Um caminhão GMC de 1942 em segundo plano.


Um jipe bonitão e bem caracterizado.ao fundo as barracas de campanha que acomodavam os particpantes do evento, a nossa em primeiro plano a esquerda


Caminhão oficina e ao fundo uma ambulância militar.



Para completar um grupo foi mais além e estava caraterizado com uniformes de diferentes exércitos da 2°GM. Fardas de PQDs Americanos, enfermeiras, um cidadão com uniforme de oficial alemão, réplica perfeita inclusive com insignias de destruidor de tanques na manga do uniforme.

Cada tenda da exposição contava um grupo, e nós do clube Péricles estávamos presentes. Tínhamos algo de uns 30 jogos de guerra no local, alguns Axis &Allies, Luftwave, Paton the Best, France 1940, entre os títulos, boa parte objetos de coleção do Alessandro Caporal. Não podia deixar de levar alguns dos meus e também jogos de guerra em desenvolvimento.


A esquerda Alessandro Caporal e Dieter, um pouca antes de coemçar o evento.
A frente alguns dos jogos expostos.


O Operação MX! da Grow, foi um bom exemplo de jogo para intrudução sobre os HC e jogos de guerra.

Diga-se de passagem, muita gente visitando o evento, um  ponto chamou a atenção, boa parte dos visitantes com que conversei, tinham algum interesse no assunto, entender que estão lá para olhar todas aquelas viaturas, todo show que é o evento em si, faz parte uma vez que são muitos os que gostam de alguma forma de assuntos militares. Mas fiquei surpreso com a aceitação e interesse pelos jogos, tanto do público civil como militar, aliais muita gente comentando

" poxa sempre gostei de jogos como o War (a grande referência  nacional sobre jogos de guerra)...nem imaginava que houvessem  outros jogos e diferentes tipos"... escutei isso diversas vezes.

Um caso a parte foi o interesse do pessoal militar, diversos oficiais e  soldados, mostraram interesse, atentos as explicações dados sobre os jogos, principalmente os jogos de hexágonas e contadores ( HC), pois são jogos que  tem diferentes particularidades, detalhismos. quanto falamos sobre jogos de guerra, tais como reproduzir efeitos  dia, noite, clima e os mais diversos eventos.

Estiveram presentes Alessandro Caporal  ( Ilha do Tabuleiro) e Sr. Martins de Tubarão, do pessoal do clube o Dippold fez uma aparição, Tiago, Anderson ,César e Eleizabeth, casal que bate cartão em todo evento onde o clube esta presente. Também o Fernando e seus filhos, diversos amigos do pessoal, não tem como não falar do Dieter , que depois de encarar um show com sua banda, ainda encarou um dia como este que foi longo, porém divertido.
No primeiro momento estou anexando algumas imagens,  oportunamente estarei agregando outras sobre o evento.

Agradeço também ao Carlos A. Campestrine, curador do Museu de São Bento do Sul pelo convite para participarmos do evento, assim como ao Comando do 62ºBI na pessoa do Tnt. Cel.Ronaldo F. Navarro,  pela hospitalidade  e espaço cedido para a realização do evento.




Abraço!

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Imprima e jogue - aficionados.

Então... os jogos imprima e jogue, são feitos para quem quer experimentar novidades sem gastar muito. É necessário um pouco de vontade para imprimir, recortar , colar, exige certa paciência e por vezes,... não raro acaba virando  um hobby dentro do hobby,...confeccionar  jogos.
Tenho diversos jogos nestes moldes, alguns muito bons, que poderiam facilmente virar versão comercial, um em particular eu recomendo, um jogo de guerra, chamado Valor & Victory, não perde nada para sistemas como o ASL, Tobruck.

De minha parte desenvolvi alguns dos tais imprima e jogue ( print and play). Os arquivos estão disponibilizados principalmnete na Ilha do Tabuleiro e vez e outro recebo algum comentário sobre os jogos, o que é muito bom.

Segue lista e link para os jogos na Ilha do Tabuleiro :

-Jacaré Comeu;
-Wabuh;
-Hexalink;
-Legião;
-Ases;

Recentemente recebi pela Facebook, comentário do jogo "O Jacaré Comeu" , jogo voltado para o povo pequeno ( crianças pequenas 4 a 6 anos). Fiquei muito satisfeito ao lêr comentários e imagens do jogo feito pelo Paulo Roberto, que jogou o jogo com sua filhinha e diz ter gostado do jogo.
Segue o link  para as imagens do jogo feito pelo Paulo.


Versão da Tércos


Bom é isso!




Abraço!





Dia do Soldado + Clube Périles

Pois bem pessoal, é amanhã o dia do soldado. O Evento comemorado em todos os quarteis do país, com certeza com diferentes agendas em cada lugar. Aqui em Joinville recebemos o convite para participar do evento com uma mostra de jogos de Guerra. Convite este feito por Carlos Augusto Campestrini, Curador do Museu da cidade vizinha de São Bento do Sul , também membro do grupo Dog´s of War , chegou a nós por meio do Alessandro Caporal  da Ilha do Tabuleiro que deve estra presente também.


Jogo Operação MX1 da Grow, versão com adaptação de novos componentes.



Neste link , você pode dar uma olhada na programação de eventos que devem acontecer durante os dois dias, fui informado de que deve haver uma exposição de viaturas militares de IIGM, atrativos não faltam.

Você que é de Joinville e região passe por lá, não deixe de nos procurar, Clube Péricles.


Abraço!

domingo, 19 de agosto de 2012

Verräter jogo de cartas interessante

Bom pessoal, vez e outra voltamos a um jogo que ficou um tempão na pratelheira. Verräter ( Traidor) é um jogo de cartas, com tema político. Duas casas ( dinastias) disputam o controle de territórios, resumindo  esta é a ideia básica do jogo. Mas então como funciona??


Fonte BGG


...bom são dispostas dose cartas formando um circulo, a caixa de texto da carta voltada para o interior deste circulo.
A disposição deve seguir a orientação conforme ilustrado na regra, alternando territórios.  Toda carta de território tem duas faces, uma em cada cor e com a representação de uma das dinastias, a Águia e a Rosa. Também tem uma  tabela com números em Romano, de 1 a 4 , os números abaixo( no circulo)  são os PV, é a pontuação recebida pelos quando conquistar o território. O Número arábico maior são os Pontos de Combate  ( PC) do território, importante.


Cartas de cidade, igual conteúdo, porém diferente cor e brasão da dinastia.


Nota: Convém chamar atenção para um detalhe, se um território é tomado  no conflito, os pontos são dados para os jogadores que jogam com a respectiva dinastia em igual valor ao indicado abaixo do numeral Romano..
Exemplo:  digamos que apenas um jogador estea jogando com uma das dinastias, no conflito ele vence a disputa, significa que apenas ele  recebe os PV indicados abaixo da escala de valor 1.


Dose cartas xde teritório e sua diposição inicial.


Também temos uma carta para indicar o jogador inicial que é cambiada a cada rodada para  o jogador a esquerda.
Cada jogador recebe 3 cartas de com dupla face em uma das cores ( laranjado, verde, azul e marrom Em cada face tem a representação de um agricultor que lhe permite receber uma carta de recurso  a cada rodada e uma de senhorio, que também dá um recurso e ao final da partida PVs em função do número de recursos na sua mão.


As cartas de recursos, tem diferentes valores e são  usadas nos conflitos, ao adicionar o valor inscrito ao valor PC dos territórios em disputa, bem como a sua respectiva dinastia. Ao inciar a partida cada um recebe três cartas com diferentes valores, 3, 4 e 5 PC;


Carta do jogadsor verde, recurso e ação ( verso)

O jogador a direita do jogador com a carta de jogador inicial recebe a carta de estratégia que tem valor simbólico como jogador inicial, indica que é este jogador que escolhe onde será travado um conflito. ao final da rodada recebe 2PV extras.
O mesmo  jogador recebe também a carta de conflito, esta é colocada ao lado de duas cartas territórios oponentes, que são o alvo de disputa da rodada.

Por fim temos ainda as seis cartas de ação. Estas cartas tem diferentes funções e são usadas na respectiva fase de ação.

O Jogo

Bom é disputado em rodadas, divididas nas seguintes fases:

1- O jogador coma carta de estratégia determina onde ocorre o conflito, posiciona a respectiva carta acima e entre as duas cartas de território, sendo que devem pertencer cada um a uma das dinastias.

Podemos observar então que cada território tem um valor em PC e os respectivos PV que são obtidos ao conquistar o mesmo;


Carta de estratégia



Área de conflito


2- As seis cartas de ação no centro da área de jogo, são tomadas pelo jogador inicial que escolhe uma que sera descartada na rodada, deixa fechada  no centro da mesa. Escolhe então um das outras cartas e a mantém fechada na sua área de jogo, passa a carta ao jogador a sua esquerda, que escolhe outra e assim segue até que  todos tenham uma carta na mão, a carta que sobrar volta fechada ao centro da mesa;

Estas cartas permitem o jogador fazer:

a- Traidor ( Verräter) trocar a carta de dinastia; simplificando mudar de lado no conflito, o sacana!! hehehe!!!
b- Estratégia ( Stratege), ser o próximo jogador a escolher o local de conflito, lógico 2PV extras sem stress;
c-Construtor ( baumeister), pode adicionar uma de suas três cartas de senhorio ou produtor a um dos territórios, ao final da partida é um meio de obter PV extras.
d- Produtor ( bauer), receber 3 cartas de recursos da reserva;
e- Diplomata +2 ( Diplomat), adicionar 2 PC ao conflito para sua dinastia e receber uma carta de recurso;
f- Diplomata +% ( Diplomat) adicionar 5PC para sua dinastia;

As cartas de ação são parte central do jogo, a estratégia que cada um vai adotar é em função das  necessidades, assim  como da perspectiva que tem em relação ao conflito, se perceber por exemplo que não tem como vencer o conflito na dinastia em que está, poderia cambiar de grupo ao usar a carta do traidor.

3- Jogar cartas de recursos, na realidade PC para resolver o conflito. o jogador pode jogar de zero a cinco cartas. O valor da carta é somado ao do território de sua dinastia e ao valor da sua carta de ação;

4- Revelar a carta de ação simultâneamente;

5- Resolver o conflito. Em toda rodada ocorre o conflito. Para resolver, somar o valor da carta de ação ( algumas não tem, então não adiciona nada), mais o valor das cartas de recursos e o valor de cada território . Esta somatória é feita para cada dinastia,  o maior valor vence e a carta de território do perdedor é voltada para  o lado oposto, que vai mostrar
 o simbolo da dinastia vencedora;

6- Distribuir PV, conforme já descrito os PV são distribuidos, quanto mais jogadores, apoiarem uma dinastia, menos PV são dados;

O jogador com a carta de estratégia recebe 2PV extras e o traidor se houver 1 PV extra;

A regra não diz nada, mas anote os PV numa folhinha para cada jogador;

7- Construtor ( baumeister), para o jogador que escolheu esta carta de ação , ele adiciona junto a um território uma de suas  cartas de senhorio ou produtor;

8-Cambiar carta e conflito e estratégia caso outro jogador tenha optado por esta ação;

9- Cartas de recursos descartar, formar uma pilha de descartes ao lado da de compra;

10- Repor caratas de recursos na ordem Produtor, granja e diplamata;

11- Devolver cartas de ação;

12 Cambiar jogador inicial;

13- Fim da rodada/turno;


Geral do Jogo


No final da partida que ocorre em oito rodadas para 4 jogadores, ou seis rodadas para três  jogadores, são obtidos ao pontuar,   o máximoo de mais seis PV na contagem final , onde cada granja e  um recurso, valem dois PV.
Bom é isso ai , Verräter é um jogo bacaa, o jogador deve gerenciar seus recursos, tentar apoiar uma das dinastias e porque não, não mudar de lado quando perceber que é o momento. Isto deixa o jogo bem interativo e divertido.

Para quem não conhece, eis a dica.

Espero que tenha agradado e ajude em algum entendimento.

Jogo de Marcel André Casasola Merkle
Edição Adlung- Sipeler
3 a 4 jogadores
Tempo de duração 60 minutos
Indicado a partir dos 12 anos

Nota: o jogo Meuterer do mesmo autor é similar a este,  mas tem diferenças além do tema, neste a abrodagem é sobre navios e motins. Quem conhece um dos dois facilmente vai assimilar o outro.

Nota²: o jogo original carece de um tabuleiro de marcar PV, no link um arquivo de uma caixa que tento servew para marcar os PVs , como guardar o jogo.

abraço!







quinta-feira, 16 de agosto de 2012

MDD- Colônias, como vai ser.

O Mercadores de Dur Durany, como já havia sido comunicado vai ter uma nova versão. Trata-se de um realinhamento do conceito inicial do jogo. Para quem conhece não muda muito do jogo original, uma nova gama de opções de jogadas estão sendo colocadas no jogo, até para  permitir acertar  detalhes de futuras expansões.

O nome será Mercadores de Dur Durany- Colônias- ( MDD Colônias). Seguem algumas imagens da nova versão do jogo.



As construções são novidade, são as colônias que podem ser construídas sobre só planetas.
A peça do planeta é a mesma do jogo original e não deve mudar.
O que pode ser construído é estabelecido pelos círculos indicados no planeta, ou seja se houver:

1-  um circulo indicado- possível construir  mineradoras;
2- com dois círculos -construír  mineradoras e extratoras de especiárias;
3- com três círculos- construídas até três construções, entre colônias, agrícolas e mineradores;
4- com quatro círculos,- trata-se de um planeta alienígena, é possível obter tecnologia alienígena que abre possibilidade de jogadas no cartão de ações.


Tipos de Contruções.


Novo Tabuleiro de Pontos de Vitória. no centro esta a escala de valorização das construções e tecnologia.

Tabuleiro de ações, é uma opção de jogo, afinal ocorre que durante a
 sua vez  de jogar, pode o jogador ficar sem usar todos os seus PA.
Com este tabuleiro o jogador poderá fazer uma das ações, entre as diponiveis:



1- Explorar um Sistema planetário;
2- Hiper transporte que permite alocar uma cidade mercantil em
outro local, é  necessário ter tecnologia alienígena para esta ação;
2-Mercador, receber PV por conexões de um tipo;
3- Liga de Comércio, receber PV por novas áreas anexadas ao tabuleiro;
4- Avanço tecnológico, Trocar uma tecnologia por um PA adicional;
5- Arquiteto- adicionar uma nova construção em um planeta já no seu limite;

Na parte superior esta a escala de colonos, ao final da partida, resulta em PV extras;


Dentre as ações possíveis a exploração pode levar o jogador a novas descobertas e perigos, estas peças em geral adicionam PV, mas podem esconder naves alienígenas hostis;

Bom de momento é isso, fique de olho.


Continua igual praticamente, mas....

A maior mudança na forma de jogar, esta na importância de conseguir conexões de uma mesma cor com os planetas, antes permitia receber 2PVs extras  e adicionar um mercador sobre o planeta. Agora permite ao invés de colocar um mercador sobre o planeta,  poder construir uma colônia e adicionar um colono ( que é a mesma peça do mercador), caso tenha  PA disponíveis.


Geral, final da partida.








 

abraço!



segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Criação do jogo Vietcong

Então eis algumas imagens do jogo Vietcong da Tércos. São imagens de um protótipo, já com aplicação de arte.
Faltam ainda
:- definir corretamente a nomeclatura a ser usada;
-  também definir melhor algumas funções e sistemas  de unidades;
-  o sistema de combate será um de nivel Batalhão do STB, significa que ao entrar em combate já esta sofrendo baixas automaticamente. reduzindo assim o efeito sorte.
-detalhes como a escala de tempo também ainda não estão acertadas;
- porém o emprego de pontos de ação é garantido;
- também o sistema para entrar no cenário com unidades externas já foi testado;
- o emprego de bases aéreas será o mesmo do Batalha de Sidi Rezegh, pois o sistema torna a questão tempo de pre´paração das unidades aéreas um dos fatores estratégicos;
- estas bases aéreas poderão sofrer ataques, uma novidade com relação ao sistema, em teste;
-Tabuleiros modulares foram adotados, o manual já deve seguir com a configuração de pelo menos oito cenários diferentes, com graus de dificuldade variando;

Bom de momento é isso:


Imagem de um dos tabuleiros, peças.


Vin Yeh,  aldeia que serve de ponto de partida para operações de busca e destruição.





Abraço!


Explicando Mecânicas -9- Jogos com conflito


Bom poderíamos escrever que são jogos de guerra, mas gosto de separar as coisas. Jogos de conflito você vai encontrar em jogos de civilização, estratégia, onde o foco do jogo não é a guerra em si. Em geral se seguir por este caminho, o conflito com um ou mais jogadores, na certa vai  dificultar ou levar o jogador a derrota.
Pois é necessário algo a mais  do que conquistar territórios. O Wallensteim / Shogun  são bons exemplos, você deve construir , controlar territórios que lhe garanta provisões e meios para poder efetivar construções. Os pontos de vitória são obtidos pelo controle ou então construções. O clássico Tigirs & Eufratis é um dos melhores exemplos, você não tem a guerra em si, mas o conflito e conquista estão presentes.


 
Fonte BGG



Algumas caracteristicas destes jogos são:


-Complexidade mediana para alta;
-Diferentes caminhos para vitória;
-Tempo de duração médio em geral;


Abraço!

domingo, 12 de agosto de 2012

Off Topic - Dias dos Pais.

Então pessoal, este assunto não tem haver com jogos de tabuleiros, aliais... a princípio parece que não, ..... mas acredito que para quem curtiu jogos de tabuleiros na infância, esta experiência é incentivada quase sempre pelos pais, então no fim tem de alguma forma a ver com jogos de tabuleiros. Eu quando criança ganhei jogos de tabuleiro, a nunca mais larguei eles.
Hoje é o Dia dos Pais. Fui criado em uma família simples, junto com meu irmão mais velho Marcos e minha irmã caçula Mônica. Não tínhamos de tudo, mas graças ao homem lá em cima, tivemos um bom lar. Nossa infância foi rica, foi muito feliz, jogávamos futebol,  brincávamos de carrinho de rolamento, infernizando a vizinhança com a barrulheira produzida. Andávamos na mata sem pestanejar, eramos criativos,construímos cabanas, brinquedos, não havia limites no que tange a criatividade. Resumindo uma época muito bacana, importante na formação. Na base desta infância tínhamos um lar feliz, ...lar este construído pelos meus pais, minha mãe a saudosa Dona Irmgard  e meu pai seu Rolf.

Este ano para mim é sem duvida um daqueles anos que a gente prefere esquecer, de bom  sobrou muito pouco. mas isto  faz parte da vida, tem gente que passa por coisas piores. Porem fiquei muito feliz em ver esta matéria no jornal Notícias do Dia,  um jornal de circulação local, matéria de Maria Cristina Dias..

 Este senhor ai é meu pai..... o homem vez e outra aparece numa matéria, hora por ser um dos bombeiros voluntários mais antigos na ativa ( em Joinville os Bombeiros são Voluntários e a Sociedade é uma instituição que recebe muito apoio e respeito da população )

Mas desta vez a matéria é sobre o seu hobby... hehehe!!... cada um na sua.


Reportagem na integra.



Esta foto foi batida em Joinville no rio Pirabeiraba, local que iamos para botar os navios na água.
Este em primeiro plano não flutuava, mas o outro ao fundo navegava muiot bem.
Este transatlântico teve um substituto que flutuava, ao colocar na água pesava aproximadamante 35 kg com lastro, e tinha 1,5 metros de comprimento.


Seu Rolf ao lado de outra de suas criações. Representando
um navio petroleiro. ao todo são cinco navios  como estes, incluindo
dois veleiros.

Esta é minha simples homenagem ao meu pai. Apenas estou publicando no meu blog, nada de mais, mas é bacana mostrar o que é ter um boby. Desejo a todos pais, um feliz dias dos pais , tenham um ótimo dia., uma ótima semana, .. vamos resumir sejam felizes.



Pai muito obrigado!




sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Dia 25 de Agosto, dia do Soldado... e de jogos de guerra.

Pois então o Clube Péricles,  vai  participar  do evento no dia 25 de Agosto junto a um grupo de entusiastas da 2°GM. Estaremos presentes com jogos de guerra, em uma das barracas dentro do quartel do 62/Batalhão de Infantaria de Joinville. É um dia festivo, pois trata-se da formatura dos recrutas, agora soldados.



Imagem do jogo batalha- protótipo

Abaixo segue descritivo das atividades durante os dias do evento (trasncrição):

"3º Encontro de Entusiastas da História da Segunda Guerra Mundial.
62º Batalhão de Infantaria, Joinville, Santa Catarina.

25 e 26 de agosto de 2012.
Programação.

Dia 24.
Recepção aos participantes.
Montagem das barracas para os estandes de colecionadores e comerciantes.

Dia 25.
09:00h Formatura do 62º BI, alusiva ao dia do Soldado.
10:00h Abertura oficial do 3º EEHSGM com reencenação do Grupo de Pesquisa e Reencenação Histórica Dog's of War.
10:30h Abertura das exposições.
13:00h Palestras.
17:00h Fotografia oficial do evento.
19:30h Jantar de confraternização, por adesão. ( local e valor ainda não definidos )

Dia 26.
08:00h Abertura das exposições.
10:30h Apresentação da Banda do Batalhão.
11:30h Reencenação do Grupo de Pesquisa e Reencenação Histórica Dog's of War.
16:00h Encerramento."
 
 
Fica o convite aos interessados de Joinville e região, não deixe de nos procurar no dia do evento.
Mais  informações nos próximos dias.
 
 
 
Abraço!
 
 

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Vietcong- Tércos prepara outro jogo de guerra.

É isso ai, a Tércos prepara um jogo de guerra onde as táticas de guerra desenvolvidos tanto pelos Vietcongs como Americanos estão bem presentes. A trama ocorre numa região fictícia, num vale chamado Phu Hoa. Algumas pequenas cidades estão ameaçadas enquanto os Vietcongs expande seus domínio por pequenas vilas do vale.
O jogador que atuar como Vietcong, deve montar células de simpatizantes, grupos guerrilheiros, fazer ações de sabotagem e por fim dominar a maioria das aldeias e uma das cidades. O jogador que comandar as tropas do ESV e dos USA, deve por sua vez descobrir a localização das bases guerrilheiras e destruí-las, montando operações  de busca e destruição. Contam com enorme poder de fogo, mas tem dificuldade em aplica-lo contra as forças Vietcongs.


Vale de Phu Hoa

No jogo as bases serão secretas, as ações de ssabotagem , doutrinação podem ser feitas nas barbas do poderoso exército Americano. Vai caber aos jogadores aplicar uma sorte de operações militares, proteger suas bases e montar operações para destruir ou debilitar o oponente.Bases de fogo se farão necessárias para dar cobertura as forças em terra nos suas operações. Helicópteros as asas dos Americanos na Guerra do Vietnam, não podem faltar. Detalhe.... os  caras tinham mais de 4000 destes aparelhos a sua disposição.


Operação de Busca e Destruição próximo a aldeia de Dan Nien.


Principal base Americana na região do vale.

Nota : tabuleiro desenho ainda manual, peças usadas em jogos da II GM, faltat preparar tudo, mas o teste já deu resultado.

Mais informações em breve.


Abração!!!

Explicando Mecânicas 8- Jogos de Civilização.

São em geral jogos de maior complexidade, muitas regras e possibilidades de jogadas. O objetivo do jogador é melhor desenvolver sua civilização, construindo, conquistando, desenvolvendo sua cultura, tecnologia.. Civilization é um bom exemplo. Em geral  estes jogos mesclam caracteristicas de Euros com  American Trah, mas em geral são jogos mais no estilo americano. Antike segue a linha dos Euros, mas o tempo de duração da partida é acima do que se espera de um Euro. Uma coisa é certa, os jogadores devem estar disposto,  a gastar boas horas jogando uma partida destas.. . Este tipo de jogo costuma ter conflito, guerra, construção, gerenciamento de algum recursos, geralmente um valor como ouro que serve de moeda de troca para o desenvolvimento.
Também ocorre frequente menção a mitologia, ficção, civilizações clássicas.

Algumas caracteristicas:

- Duração da partida de médio para longo;
- Algum conflito, embora a guerra não seja o principal objetivo;
- Muitas regras e variáveis, consequência... diferentes caminhos para vitória;
- alguma interatividade;



Abraço!

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Friozinho na barriga!

Sabe aquele friozinho na barriga!!??

Acordei deste jeito hoje... um misto de ansiedade, duvidas... tudo porque as primeiras unidades do jogo O Faraó estão indo para os primeiros interessados. Você fica com espectativa. ficou bom? ... vai agradar??... o visual esta bom ???,  mas principalmente o jogo, a mecânica.

Dos jogos que lancei todos tiveram seu momento e proposta.

O Fronteira em 2007, foi uma especie de jogo explorador, acompanhava algumas discussões na Ilha, Lista BG-BR ,mas não participava, afinal não me sentia  a vontade. Dai a experiência foi toda solo, novidade, tudo envolvia riscos e pratiquei o desenvolvimento considerando preço final e em cima dele fui aplicando, custos e viabilidades para chegar no preço estimado.
Gastei um dinheirão num monte de coisas, que hoje vejo inúteis, foram  pitácos que por fim não ajudaram. O Fronteira passou por gráficas, ...no melhor estilo, tive toda sorte de problemas, fiz besteiras e o jogo foi para o mercado.
A idéia era um jogo barato. A principio o Fronteira era para ser um jogo de cartas, acabou como um jogo de coleta de componentes ( tile placement), o resultado pelas gráficas ficou aquém, pois o povo aqui na cidade não é focado neste tipo de produto.
Então o que resultou desta experiência??

Mudanças, novos rumos???

Bom foi  uma experiência cara, passou, fui para o próximo passo.

Então  vieram criticas, sugestões e por fim em 2009 lancei o Território, que na realidade era uma expansão para o Fronteira, introduzia tabuleiros modulares no jogo ,além de algumas peças e regras novas. Poucas unidades vendidas,  mas  foi a primeira experiência com produção sob encomenda. Havia muitas dificuldades relacionadas, mas o desenvolvimento serviu para traçar um norte.

Percebi ali uma luz... não estava ficando iluminado não.... nem tive experiência pós morte.... passei os próximos dois anos desenvolvendo o processo, aproveitei os eventos da Ilha do Tabuleiro como do Amigo Secreto, grande iniciativa do amigo Raul ( Zola na Ilha), e presenteava os meus amigos com jogos protótipos... a intenção era obter algum retorno sobre os jogos, qualidade e jogo em si.

Cada vez fui melhorando mais o processo, até chegar a um momento!!.... lançar um novo jogo pelo processo de encomenda, produção semi-artesanal. Pois bem fui nessa... mas mesmo assim tranquilo.

Em 2011, finalzinho do ano larguei com o Mercadores de Dur Durany, até o Cacá do ótimo blog " E ai tem jogo" , fez uma resenha curta sobre o jogo. Com o Mercadores o objetivo foi  testar o processo, o jogo tinha potencial por ser um Carcassonne turbinado, ....pensei muita gente gosta do Carcassonne, então ter uma versão vai ser interessante. 
Detalhe o Mercadores esta longe de ser um plágio, seu desenvolvimento é para um jogo de construção de rotas, usando pontos de ação.....lembra em alguns aspectos o famoso jogo citado.
Mas o Mercadores  é um jogo ainda simples no que tange JOGO.

Agora o friozinho vem com "O Faraó", não tem jeito...a aposta não é mais no processo, encontrei ainda alguns problemas, mas o negócio aqui é jogo. A proposta do novo jogo é um jogo  estratégico,  tem que pensar e planejar para ganhar.   Você fica imaginando, cheguei lá?... vai agradar??... os testes mostraram que sim...o povo curtiu, as partidas são disputadas palmo a palmo, mas ainda falta  o pior ou o melhor... a opinião final de quem vai jogar a primeira vez....

o tema Egito sempre atrai olhares, é um tema que permite desenvolver arte facilmente, é história conhecida por muita gente. Parte da aposta esta nisto, ...mas a principal questão ainda é o JOGO, a idéia aqui é jogo para quem quer jogar... por isso o friozinho na barriga!!

Vamos ver os comentários do pessoal a medida que forem jogando....e fica a  ansiedade!!!




abraço!!

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Tércos deve lançar nova versão do Mercadores de Dur Durany

É isso, a Tércos vai lançar uma nova versão do Mercadores de Dur Durany, a idéia é tornar o jogo mais estratégico. Para quem já tem o jogo, poderá usar a versão de 2011 sem problemas, afinal as peças serão as mesmas. Um arquivo com novas  regras e uma tabela serão disponibilizados para quem desejar fazer a adaptação para o novo formato, sobre a versão lançada em 2011.

Os primeiros testes já foram feitos com resultados positivos. A nova versão será apenas para quatro jogadores, diferente da versão anterior que comporta até seis jogadores.

A mudança esta relacionada principalmente com os planetas, nos quais as cores indicadas passam a representar atividades econômicas, sobre estes podem ser construídos mineradores, unidades de produção agrícolas, colônias e industrias. A tecnologia também será´considerada e as rotas de naves, também devem ser pontuadas de forma diferente. O número de tabuleiros vai ser reduzido para 36 peças e haverá a consequente redução do tempo de duração da partida, que hoje com seis jogadores pode chegar perto de 90 minutos. A nova versão deve reduzir o tempo pela metade.

Mesmo com a mudança a versão anterior vai continuar a disposição, uma vez que o processo sob encomenda permite , fácil adaptação para estas variantes.

O negócio é aguradar..

Geral do jogo.





Abraço!