sábado, 7 de setembro de 2019

Falando em detalhes, wargames, o que você acha que fica melhor?:

Bom dia.

Fica uma pergunta e agradeceria respostas.


Olhando a imagem abaixo, o esquadrão de motociclistas, tem três representações diferentes.
Qual na sua opinião fica melhor, considerando que a representação de Batalhão e esquadrão se fazem necessárias.












Grato pela participação.


Abraço!

sábado, 27 de julho de 2019

Deixou sua Marca, Richard H. Berg

A vida é assim mesmo, a fila anda e todos um dia vamos partir desse mundo.

Trago uma nota triste, faleceu Richard Harvey Berg, premiado game design de jogos de guerra. Nascido em Charleston, Carolina do Sul no ano de 1943, historiador, cantor de rock (sabia das coisas), compositor, advogado, consultor de comunicações, escritor, até no teatro passou, e por fim criador de jogos. Só por esta gama de atividades, deixa claro que foi uma pessoa ativa na vida, na certa deixou sua marca,  as pessoas se lembrarão.

Desenvolveu e publicou mais de 140 jogos, recebeu o "Prêmio  Industria de Melhor Design de jogos", não uma mas onze vezes, e diversas outras honrarias e premiações.

Entre suas criações destacam-se:

-Dead of Winter
-SPQR
-Sucessores
-Gettysburg ( os três dias)
-Tide of Iron

Essa listinha ai em cima é só do que ele mais gostava de criar, jogos de guerra. Mas nem só esse tipo de jogo motivou Richard H. Berg. Beisebol, Futebol jogos com tema sobre esportes, Houdini, jogo de cartas sobre o afamado mágico, Barba Negra, mostra seu lado eclético.

Que siga em paz para a próxima jornada, que a família e amigos encontrem conforto e força neste momento triste, lembrando sempre de tudo que fez em vida.

Na certa "deixou sua marca".




Descanse em paz.






domingo, 2 de junho de 2019

Ludus Latrunculorum...não sei jogar.

Gosto desses achados, afinal são os proto jogos de muitos jogos atuais. Esse ai pelo visto parece ser um parente do jogo de Damas, afinal não foram achados registros detalhados das regras, apenas indícios e menção em textos antigos, era chamado pelo nome de Ludus Latrunculorum.
O achado aconteceu na fronteira da Escócia com a Inglaterra, por onde passava a muralha de Adriano nos idos de Roma Imperial.
O tabuleiro, muito resistente, feito em pedra, tem o inconveniente de estar rente ao chão, o que mostra ser desconfortável para os jogadores, e  pode causar problemas na coluna. Uma grande vantagem no entanto é que é muito difícil derrubar o tabuleiro.
 As peças encontradas próximas ao tabuleiro, eram também feitas em pedras e vidro, nota-se a preocupação do fabricante em usar materiais resistentes.
O criador do jogo é Homo Ludus Desconhecidus. Ano de lançamento foi há uns 2000 mil anos atrás, comporta dois jogadores com idade recomendada para ser legionário.
Abraço!
Fonte :Galileu 
Imagem- Vindulanda Trust

domingo, 5 de maio de 2019

Tipo volta ao passado.

Lançado no mercado americano no último dia 26 de abril, o jogo Wacky Races - The board Game, que remete a infância de muitos de nós, com a animação que era transmitida pela televisão nos idos dos anos 70 e 80 do século passado ( ai ferrou, rs), chamada "corrida Maluca". Trata de uma corrida onde diferentes tipos buscavam a vitória a qualquer custo, tem o emblemático Dick Vigarista, que trapaceava o tempo todo fazendo justiça ao seu nome.



Vale conferir, o jogo comporta de 2 a 6 jogadores a partir dos 8 anos, muito rápido, anunciado de 10 a 15 minutos. Criado por Andrea Chiarvesio e Fábio Tola, esse carinha ia, é muito conhecido no meio gamers brasileiro, isso é bacana, parabéns. A editora é a Cmon Limited.

Um ponto bacana são as miniaturas, relembra bem as caricatas figuras da animação. A mecânica fica por conta de jogadas programadas, o que confere certo grau de estratégia e diversão, lógico modelado a idade proposta.


E segue o jogo, boa diversão.

Fonte BGG.

sábado, 12 de janeiro de 2019

Eu gosto do tema....On Mars.

Um sonho muito antigo que ganhou muita projeção nos últimos anos é chegar a Marte, planeta que  figura como o mais promissor destino no Sistema Solar. O polêmico projeto de levar colonos a Marte em uma viagem só de ida, ajudou a resgatar essa velha aspiração e a humanidade cada vez mais se aproxima desse objetivo, muito evidente para quem de alguma forma acompanha matérias  e documentários sobre o assunto, coisa de nerd mesmo.

Passando para o campo da ficção cientifica,  surgem filmes a citar a interessantíssima série Marte, ou o filme Perdido em Marte entre outros, e dai não era de se esperar outra coisa que não motivar os autores de jogos de tabuleiros, surgem ai diferentes títulos.

Terraforming Mars, First Martians, GOLEM, Emissary, Dig Mars isso de 2013 para cá, cada qual com uma abordagem diferente, embora o objetivo seja um só quase sempre, colonizar Marte.

Para abril de 2019 outro lançamento que me chama atenção, On Mars. Obra do renomado autor Vital Lacerda, que trabalha muito bem em jogos com grande  gama de variáveis e opções de jogada.
É um jogo de controle de área, retirada e entrega, movimento ponto a ponto entre outros mecanismos, vai de encontro com exploração, construção, industrialização em síntese desenvolver a colônia em Marte.

Tudo se passa a partir de 2037, logo ali, já com uma colônia base funcionando em Marte , a partir  da qual no comando de sua companhia, o jogador deve obter os recursos para concretizar a colonia, pesquisar novas tecnologias, equipamentos, novas edificações, trazer novos colonos, sempre no entanto com certo grau de escassez, o que quer dizer que nada é fácil no jogo, mas com promessas de pode melhorar ( tipos de construção), focados no entanto em seus objetivos secretos, a agenda da companhia para a qual trabalha, parece que temos algo sinistro aqui.



Acho que já dá para ficar antenado, dica dada, caso ainda não tenha visto nada sobre o jogo. Como já disse gosto do tema, gosto das mecânicas e juntando tudo isso, temos aqui um jogo no mínimo interessante.

Depois diga lá o que achou.

Autor Vital Lacerda
Comporta de 2 a 4 jogadores
Tempo de duração da partida de 90 a 150 minutos.
Idade sugerida a partir dos 14 anos.



Abraço!

Fonte BGG