sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Soldatino Brasiliano- Grupo de jogo

Então vamos a mais um grupo de jogo, agora é o povo de Salto- SP, na pessoa do Francisco, com o qual a um certo tempo mantenho contato, sendo as nossas conversas as voltas dos jogos de guerra, precisamente os hex and counters. Bom vamos a um detalhe que não esta no questionamento logo abaixo, pois fiquei curioso com esse nome, peguntei a muito para o Francisco... Soldatino Brasiliano, de onde isso?
Seu Francisco que me corrija se escrever alguma bobagem aqui, mas ele quando criança, junto com os pais tinham vizinhos que vieram da Itália logo após a IIGM. Estes muito falavam, e bem, dos nossos pracinhas da FEB, carinhosamente chamados de Soldatinos Brasilianos, dai eis a origem do simpático nome. Agora com vocês....

"Wargame Club Soldatino Brasiliano".

1- Quem fundou o clube?... e quando foi?... com quantos participantes ao iniciar?
A fundação do WCSB  aconteceu em Janeiro de 2014,depois de uma troca de idéias e conversas entre eu,e meu filho Mario e Odirlei antigos amigos de jogatina de  videogames e Magic.

2- Qual o motivo para iniciar o grupo de jogos?
Desde a década de "80" com os wargames da JOG-Polimark e alguns numeros da Strategy & Tactics, regularmente tenho jogado e me interessado pelos jogos e literatura historico-militar.
Usando regularmente a internet,descobri a Consimworld e me inscrevi no Social,encontrando muitas pessoas e sites de aficcionados no tema;Gerson Monteiro,Hermes do Mundo do Tabuleiro,José Diniz,Hugo de Barros,Marcelo da Riachuelo Games,Julio Trois,sites como Mundo do Tabuleiro,Trincheira do Chateau,Clube Somnium,etc..
Em novembro de 2013,Gerson  Monteiro me passou um artigo"Uso de Wargames na criação da mentalidade de Defesa",resolvi juntar; essa idéia;bons amigos e pessoal que gosta de assuntos militares e mãos a obra,Odirlei pintou um quadro com o simbolo do WCSB e fundamos o clube.


3- O que já foi feito as voltas do clube, eventos, campeonatos, são ativos a este ponto?
Em apenas um ano ainda não participamos de nenhum evento,resumindo nossas atividades a encontros semanais ou quinzenais.

4- Como funcionam os encontros? ..periodicidade, são semanais?
Semanais ou quinzenais com pelo menos 3 participantes.

5- Qual é o tipo de jogo jogado?
Sempre wargames, as vezes variamos com o Guerra dos Tronos.


6- Qual é o jogo que desde o princípio é jogado, é a curtição do pessoal?
Começamos jogando wargames básicos,didáticos e históricos como Cisplatina e Farrapos do Julio Trois, Legião do Hermes Muller, Tragédia de Tracunhaem da Riachuelo Games, Confrontos da Segunda Guerra; Choque de titãs em Kursk;do Décio Damasceno Ferreira, Monte Castelo do Clube Somnium e o primeiro em inglês foi o Objectiv Kiev da C3i.
Particularmente gosto muito do ASL, Ancients, Infidel,No retreat-NAfrican front, série Coin;Distant Plain,Andean Abyss, Cuba Libre.
O preferido do pessoal depois de muita tradução e explicação  é o Labyrinth da GMT, muito atual por sinal.

7- Quantos jogadores participam das jogatinas regularmente hoje em dia?
Até 7 participantes já conseguimos reunir:Mario,Michel,Odirlei,David,Estevão,Roberto e Arquimedes.




8- Quantos jogos no acervo dos membros do clube, no geral? 
O Acervo está em torno de 60 wargames:
Cisplatina-Farrapos-Infidel-No Retreat NAFront-Labyrinth-Ancients-Barbarossa Crimeia-Conflict of Heroes AWBear-Nightfighter-Beyond Normandy-Lost Victory-Canadian Crucible-Price of Freedom-Coin series,Andean Abyss,Cuba Libre,A Distant Plain e chegando Fire in the Lake
ASL,Starter kits,Beyond Valor,Valor of the Guards,Rule Book,Bounding Fire e Critical hits.
Edições da Against the Odds, varias ediçoes com wargames da:Strategy & Tactics-World at war-VaeVictis-Game Journal-C3i-War diary-Command Magazine-Aletéia-Six Angles..etc.
Muitos wargames print-in-play dos site nacionais que ajudam muito o aprendizado do pessoal.
Temos no acervo em torno de 100 livros importados e nacionais de história militar.

9-Deixe uma mensagem para os seguidores do Mundo do Tabuleiro e os fãs de jogos de tabuleiro, pode ser?
Agradeço a todos com o incentivo que me deram e principalmente a amizade e o tempo gasto com nossas  conversas, louvo o esforço de Hermes Muller do Mundo do Tabuleiro, um dos tantos  que me levou  acreditar  nesta divertida e agradável atividade, o mundo dos wargames.

É isso ai, jogos de guerra não são lá muito do agrado da grande maioria dos jogadores no Brasil, existem diversos grupos, alguns a já bastante tempo e como grande apreciador dos jogos de guerra, tinha que largar um grupo logo de cara, que embora pequeno, espero que agora cresça bastante...  assim mostrando o quanto podemos ter grupos bem ecléticos como o pessoal do GamersPOA, ou outros totalmente específicos e focados em um tema como o abordado pelo Soldatino Brasiliano.



Grande abraço!

Post relacionado anterior- GamersPOA


4 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom que gostou, vc jogo este tipo de jogo?

      Excluir
  2. Legal...muito legal ver as diferentes origens do Boardgamers...e o Gerson tá em todas né professor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Bira.... por isso do post "Grupos de jogos, já tem muita história para contar", vai virar um apanhado sobre a história dos grupos de jogos do Brasil. abraço!

      Excluir